top of page

ARQUITETURA DE INTERIORES MULTIFUNCIONAL RESIDENCIAL: ADAPTAÇÃO À MUDANÇA DE ESTILO DE VIDA

É muito interessante analisar a história de arquitetura e design de interiores e reparar nas mudanças que ocorrem nos espaços residenciais. É claro que não é justo comparar uma residência, nos padrões médios ocidentais, do século XII, com o momento atual. Porém, num recorte de tempo menor, você já parou para perceber as funções que uma casa exerce em 2024, quando comparada com 10 ou 20 anos atrás?


Multifuncionalidade é a palavra. Ou uma das, mas é o destaque desse texto. Um dos conceitos contemporâneos, é esse de dar mais de uma função a um objeto, trata-se de uma economia de espaço e de volume, que na realidade não é bem uma economia, mas sim otimização. No âmbito da arquitetura residencial, nos últimos anos pudemos perceber uma transformação relevante nos estilos de vida, em especial em relação à integração de vida social e trabalho.


Trazemos com frequência exemplos desses espaços nas nossas redes sociais. Não deixe de nos acompanhar no Instagram, Tik Tok, Pinterest e YouTube!


Introdução histórica: 


Historicamente, podemos notar os primeiros movimentos em direção à casa como um espaço para além do “morar”, com o início do Movimento Moderno, aquele muito visto nos anos 1920 e 30, sob grande influência da escola alemã Bauhaus. Arquitetos como Le Corbusier e Gerrit Rietveld pensavam em espaços integrados, painéis deslizantes e o mínimo de paredes. Elementos que até hoje são extremamente presentes. 


A Casa Schroder, de 1924, projeto de Gerrit Rietveld, é um destaque do movimento De Stijl. Exemplificado pelas obras de Mondrian, esse movimento holandês valorizava linhas retas, formas retangulares e quadradas, cores primárias e uso de estrutura de concreto (novidade na época) que permitisse integração de espaços. A casa projetada por Gerrit foi inovadora por seus painéis deslizantes, que permitiam uma planta e organização de espaços aberta e flexível


casa schroder de 1924, por gerrit rietveld. Ícone de arquitetura, uma das pioneiras para o movimento Moderno, exemplo do movimento De Stijl

Foto: Ambientes integrados na Casa Schroder, Dezeen.


Posteriormente, a partir dos anos 60, muitos arquitetos e designers começaram a experimentar e criar projetos conceituais sempre pensando em diversas funções para um mesmo objeto. Em 1972, o museu MoMA, em Nova Iorque, fez uma exibição chamada “Itália: a nova paisagem doméstica”, a qual mostra o Racionalismo. A mostra apresentava o trabalho de designers que propunham novos materiais, formas e ideias. Distanciaram-se dos arquitetos do Movimento Moderno, pois faziam um contraponto com a velha guarda que queria apenas valorizar a função dos objetos e arquiteturas. 


Catálogo da célebre exposição de design de 1972 no MoMA, em Nova York, Italy: The New Domestic Landscape

Foto: Catálogo da exposição Italy: The New Domestic Landscape, artecontemporanea.com


A “Total Furnishing Unit”, de Joe Colombo, é um exemplo de um dos vários produtos multifuncionais apresentados ali, era uma peça modular, adaptável e flexível. Cada componente podia ser rearranjado para atender a todas as necessidades básicas diárias de uma pessoa. Os módulos representavam espaços como cama, cozinha, banheiro, etc. 


Modularidade e adaptabilidade vistas no projeto de Joe Colombo para a exposição do moma de 1972, Italy: The New Domestic Landscape

Foto: "Total Furnishing Unit" por Joe Colombo, Ramin Esteve Estudio.


Atualmente:


A arquitetura multifuncional  residencial emerge como resposta inevitável, criativa e eficaz às novas demandas da sociedade, muito relacionada com a integração. Se antes uma residência era toda quebrada com paredes separando cômodos como sala de jantar, estar e cozinha, hoje, faz-se uma só área, que pode levar nomes como “living”, “área social” e ainda “cozinha gourmet”. E mais recentemente, com a demanda cada vez maior por espaços dentro de casa de trabalho de longas jornadas, o home office virou um fenômeno.


É interessante acompanhar as diferenças espaciais comparando as plantas de lançamentos imobiliários ao longo dos anos. Hoje, é quase impossível não encontrarmos um imóvel novo que não tenha nenhum espaço dedicado ao trabalho, ou alguma comunicação entre cozinha e sala de estar. Além disso, nos casos em que um desses itens não está presente, aqui no Acoá arquitetura, é mais difícil ainda um cliente não ter interesse em algum tipo de integração. 


Casa com czinha gourmet, espaço integrado com sala de jantar para momentos alegres e descontraídos em família e amigos

Foto: Projeto de cozinha gourmet para a casa NMT. Acoá Arquitetura.


Soluções inteligentes:


Se você está interessado em criar uma integração de espaços na sua casa, não deixe de entrar em contato conosco, para podermos lhe auxiliar!


De padronizar pisos, a derrubar paredes, existem inúmeras formas de garantir a multifuncionalidade dos espaços. No geral, o maior desafio tende a ser a garantia de que todas as possíveis atividades a serem realizadas ali terão condições de serem executadas perfeitamente, sob a impressão de que aquele espaço foi desenvolvido especificamente para o uso do momento.


Por aqui, estamos sempre atentos em novidades, seja de produtos ou de ideias, para trazer essa desejada eficiência, porém sem dar um aspecto puramente utilitarista (você já sabe o quanto defendemos a união da praticidade com autenticidade, certo? Sempre precisamos pensar em acabamentos, detalhes de marcenaria, otimização de pontos elétricos, circuitos nos nossos projetos luminotécnicos… enfim, nosso trabalho é estar por dentro de tudo o que pode acontecer no ambiente em questão.


Estudos de caso:


O casal do projeto SR necessita ocasionalmente trabalhar em casa e buscava uma suíte master funcional e prática para acomodar sua rotina. O ambiente proposto utiliza predominantemente materiais amadeirados e tons neutros e terrosos, proporcionando o conforto e relaxamento desejados, de forma a equilibrar o espaço de trabalho que é dividido com o de descanso.


Espaço de home office em suíte master. Solução equilibrada entre momentos de descanso e de trabalho.

Foto: Suíte master do projeto SR. Acoá Arquitetura.


No projeto AYA, nosso cliente tem esse espaço como um local de divertimento e descontração, mas também como espaço de trabalho. Para unir essas duas demandas em um mesmo ambiente, optamos por fazer uma divisão visual de áreas por meio de cores. A pintura escura delimita a área de concentração, enquanto a mais clara e descontraída favorece o divertimento e o descanso.


Home office e qaurto de vídeo games e descanso. Espaço multifuncional masculino para cliente que ama video games, tecnologia e futebol

Foto: Home office no projeto AYA. Acoá Arquitetura.


A cozinha integrada com living, no projeto LC, atende à demanda de flexibilidade de comunicação entre os ambientes de maior permanência: sala de tv, jantar e cozinha. Para a parte de cozinha, usamos soluções que não quebram a sofisticação no contexto social e facilitam o uso do dia a dia: bancada de concreto, gabinetes e armários discretos, e a bancada de refeições rápidas em madeira pau ferro, para aquecer e complementar os tons escuros e frios.


living integrado, espaço multifuncional de projeto contemporâneo. Comunicação de cozinha com sala de estar.

Foto: Living do projeto LC. Acoá Arquitetura.


Ambientes multifuncionais são uma ótima solução para apartamentos pequenos, combinando cômodos e ao mesmo tempo dando uma impressão de espaços mais amplos. Já em grandes casas e apartamentos, podem criar harmonia, valorizar elementos e transformar. Independente do tamanho do imóvel, a multifuncionalidade é inevitável na atualidade. Por aqui, achamos bom, defendemos a contemporaneidade! 


Conforme constantemente nos adaptamos a estilos de vida sempre em evolução, a arquitetura de interiores multifuncional torna-se cada vez mais relevante e presente. A união de soluções inteligentes com design, tecnologia e novas demandas, permite a nós, arquitetos, a criação de espaços inevitavelmente ideais para quem nos contrata. Entre em contato conosco para saber como podemos valorizar os seus espaços e transformar a sua vida.


Queremos a sua opinião sobre a constante integração de espaços! Deixe seus comentários e compartilhe esse texto com quem você acha que pode se interessar pelo assunto, nos ajudará bastante! Até logo!


20 visualizações

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page